top of page
| POST

Entrevista: Projeto AMS: Desenvolvimento de Chat para o Creator4all

Atualizado: 7 de mar.



Matheus Marchioli é estagiário da Multimídia Educacional e estudante da Articulação dos Ensinos Médio - Técnico e Superior (AMS), uma modalidade de ensino que permite cursar os Ensinos Médio, Técnico e Superior em cinco anos, ofertada pelas Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Estado de São Paulo, administradas pelo Centro Paula Souza (CPS).


O estudante, que está no último ano do Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, adora criar. E foi na disciplina do Projeto Integrador que Matheus ajudou a desenvolver o chat baseado em problemas reais da plataforma Creator4all.


Conhecido também como Zatch, apelido inspirado em um personagem de anime, o estudante explica, nesta entrevista, sobre o processo de criação do chat.


#1. Como surgiu a proposta para fazer o chat?


Foi na disciplina Projeto Integrador, administrada pela Ana Carolina, no qual tivemos que criar um projeto prático em grupo.


Os grupos foram formados por teste. Não sei por certo como funcionou, se era um teste de vocação e habilidades. Ela analisou vários alunos, examinou as habilidades e comportamentos de cada um e, com isso, foram formados os grupos.


#2. De quem foi a ideia do chat?


A professora Ana Carolina deixou escolher um projeto no qual teríamos que trabalhar em problemas reais. No entanto, o meu grupo não tinha ideia do que fazer. Foi então que a professora surgiu com dois projetos referentes ao software Creator4all, o chat e os relatórios, que foram terceirizados por outra empresa. 

No papel de líder do grupo, escolhi o chat. Foi ali que começamos uma parceria, entre o meu grupo e a empresa, onde estava definida as tecnologias as quais iríamos trabalhar, as mesmas ferramentas utilizadas na criação do Creator.


#3. Como foi o processo de desenvolvimento do chat?


Eu e um colega de equipe nos reunimos com a professora Ana Carolina, representante da empresa Multimídia Educacional. Nós fizemos um levantamento de requisitos, perguntamos o que esse chat deveria ou não fazer, e fomos montando uma estrutura.


Em seguida, foi passado as tecnologias que deveríamos trabalhar. Estudávamos os conteúdos semanalmente e, depois, a tarefa era desenvolver e aplicar o que aprendemos no projeto.


Também tivemos acesso ao Creator4all. Foi dada uma conta para a minha equipe acessar e verificar a interface. Isso porque nós tivemos que tentar replicar o produto (o chat), mas seguindo a interface já pronta.


#4. Quanto tempo durou para fazer o projeto?


O desenvolvimento do projeto do chat durou 10 meses, dividido em quatro bimestres. Ao longo do projeto, tivemos vários speeches de desenvolvimento. O primeiro bimestre foi sobre a capacitação dos requisitos. O segundo foi sobre a protificação das telas. Já no terceiro começamos a implantar as funções reais do projeto, a comunicação dos chats. No quarto, que seria a última entrega, reunimos tanto a nossa parte do cliente, que foi toda a interface gráfica, e nosso servidor, onde processava todas as mensagens que eram enviadas e recebidas. 


#5. Quais foram as dificuldades e como você lidou com elas?


Eu acredito que a dificuldade foi por falta de conhecimento, porque eu nunca tinha trabalhado com várias tecnologias, com PHP — uma ferramenta que agiliza o nosso trabalho. 


Nós tivemos um direcionamento, o que iríamos usar, mas os questionamento eram como fazer aquilo funcionar. Fomos aprendendo. Eu evoluí muito nesse projeto.


Aliás, o projeto foi o meu primeiro contato com uma ferramenta de ensino. Quando eu acessei tive um questionamento comum, porque ali eles têm uma parte da Wiki, onde descrevem as funções que acontecem na plataforma, cada parte do Creator. Em outros sites eu nunca tinha visto aquilo. Foi por meio disso que o meu grupo conseguiu estudar.


#6. Como recebeu a proposta para trabalhar na Multimídia?


No segundo semestre de 2023, eu entrei em contato com a professora Ana Carolina procurando uma oferta de estágio. 


Iniciei na Multimídia em dezembro. Hoje, eu estou como estagiário na empresa e, atualmente, atuo no back-end, e também ajudo em outras tarefas. 


 



Matheus Marchioli — Também conhecido como Zatch, nasceu em 2005 e reside em Presidente Prudente.  Atualmente, está trilhando sua jornada profissional como desenvolvedor PHP, estagiando na empresa Multimídia Educacional. Iniciou sua jornada na Etec Dr. Eufrásio de Toledo e continua aprimorando suas habilidades na Fatec de Presidente Prudente. É apaixonado pela tecnologia e comprometido em fazer contribuições significativas nesse campo. Mal pode esperar para ver o que o futuro reserva!


24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Mais recentes

bottom of page